Atletas Pinhalenses conquistam medalhas no Mundial de JiuJitsu 2017



Por Ivy Corazza em 10/07/2017 - 16:12 hs

Três atletas de Santo Antônio do Pinhal,  voltaram com medalhas do Campeonato Mundial de Jiu Jitsu2017 que aconteceu no último sábado, 8 de julho. João Victor Fernandes e João Victor Prado ficaram com o bronze e a Sophia Abranches levou a prata.

123

A conquista é fruto do Projeto Soldados do Bem, uma parceria entre o Prof. Renato Batista César e a prefeitura da cidade. Confira a entrevista do professor para o Rota Pinhal e saiba mais sobre a técnica e como participar.

98

Quando começou o seu interesse pelo jiu jitsu?

R: Em 2009, havia iniciado uma turma de Jiu Jitsu , vários amigos praticavam e me chamavam para participar, mas havia um pouco de preconceito. Meu primo começou as aulas e depois de seis meses fui assisti-lo. Fui muito bem recebido e o Mestre dele me convidou para uma aula experimental. Me apaixonei pelo esporte e na semana seguinte já comprei o meu kimono e desde então não parei mais.

Você nasceu em Santo Antonio do Pinhal?

R: Não, sou natural de São José dos Campos, mas me considero pinhalense, pois minha família inteira é de Santo Antonio do Pinhal e passava as férias escolares sempre aqui. Mudei para Santo Antonio do Pinhal em 2008.

Em qual bairro acontece o Projeto Soldados do Bem?

R: Atendemos no Clube Pinhalense, bem no centro da cidade com a participação de crianças de todo o município, inclusive o bairro José da Rosa, onde ocorreram as primeiras aulas lá no inicio.

As crianças que tem interesse em participar, como devem proceder?

R: O ideal é que as crianças participem por vontade própria e não por insistência dos pais. O Jiu Jitsu além de um esporte é uma arte marcial bem complexa, para conseguir desenvolver as técnicas é preciso atenção e disciplina respeitando sempre o limite do seu próprio corpo e de terceiros.

Quais as principais dificuldades enfrentadas para realizar este trabalho?

R: A falta de estrutura! O projeto acontece hoje com materiais adaptados e um local cedido pela prefeitura. O clube não está devidamente apropriado e apesar de grande, está bastante abandonado. Não possui um responsável pela limpeza diária nem semanal, também não temos bebedouro para crianças. No Clube Pinhalense também é utilizado para eventos. Após as festas temos que conviver com o lixo deixado pelos participantes. Outras vezes, o lugar é cedido para as romarias que passam pela cidade, impossibilitando as aulas.  

Existe a possibilidade de expandir os treinos para outros bairros da cidade, especialmente no centro?

R: Sim! No momento as aulas acontecem apenas no centro, mas já estamos planejando reabrir o espaço no bairro José da Rosa.

Quais os principais benefícios do JiuJitsu na vida dessas crianças? 

R: Contribuir para a criação de condições e oportunidades afim de que todas as crianças e jovens do município possam desenvolver plenamente seu potencial como pessoas, cidadãos e futuros profissionais, utilizando a atividades esportivas como foco principal de todo o desenvolvimento humano.

O Jiu Jitsu é um esporte, que auxilia no abandono as drogas, contribuindo com a saúde física e mental dos praticantes. A luta é uma forma divertida de manter a forma, ganhar força e fôlego, melhorando a qualidade de vida dos praticantes. São diversos exercícios por aula, o jovem consegue trabalhar os músculos do corpo inteiro.

Para dominar os golpes, é preciso um treinamento de disciplina, coordenação motora, respiração, equilíbrio, agilidade, força e velocidade. Com os treinos, geralmente praticados em dupla e respeitando o limite de cada um, os resultados aparecem em pouco tempo, já que há uma queima calorica acelerada. Além disso, alguns benefícios estão diretamente ligados a Saúde Pública, o projeto visa estimular os participantes ao desenvolvimento escolar, pois a cada bimestre será solicitado o boletim escolar.

Algum exemplo de adolescentes que deixaram as drogas, por exemplo, devido a influencia do esporte?

R: Sim, tivemos alguns alunos com problemas que através das aulas, foram se aprofundando no esporte e hoje participam de competições, obtendo resultados expressivos como: Campeão Paulista, Campeão Pan-Americano entre outros.

Quantos alunos você tem hoje e quais os horários das aulas?

R: Atualmente temos mais de 30 alunos matriculados. As aulas acontecem todas as segundas e quartas-feiras a partir das 19hs.

 

"Depoimento"

Sophia Abranches, 13 anos, aluna no Projeto Soldados do Bem e medalhista 2017

“O Jiu Jitsu entrou na minha vida no dia 13 de fevereiro de 2017, quando estive nos jogos de verão de Santo Antonio do Pinhal, por indicação do professor Renato. Comecei praticar esse esporte que proporcionou coisas maravilhosas na minha vida, me trouxe mais qualidade de vida, meus exames médicos melhoraram progressivamente e fiz novos amigos que me apoiam e inclusive são meus parceiros em competições. Sou grata ao Professor Renato pelo tempo dedicado a cada um de nós e também pela paciência. Eu não estaria no Jiu Jitsu se não fosse por ele”.

65



Deixe seu Comentário


 topo

Seja visto por centenas de pessoas diariamente

Cadastre-se agora mesmo em nosso guia comercial, conheça agora mesmo nossos planos !